SOLICITAÇÃO DE PONTE MÓVEL

Depois de várias tentativas junto ao Governo do Maranhão, Prefeito de Pirapemas Fernando Cutrim faz apelo ao Exército Brasileiro

Fernando Cutrim protocolou ofício nesta terça-feira (16), junto ao Exército Brasileiro solicitando uma Ponte Móvel a ser instalada sobre o rio Peritoró, no Povoado Pregos.
Por: PORTAL JG
Data de publicação: 16/11/2021 18h04

Preocupado com a aproximação do período chuvoso e com as consequências imensuráveis que esta época do ano pode causar para moradores da região do Povoado Pregos, zona rural de Pirapemas, o prefeito Fernando Cutrim protocolou ofício nesta terça-feira (16), junto ao Exército Brasileiro, direcionado ao Tenente Coronel, Leonardo Ático Ferreira de Melo, Comandante do 7º Batalhão de Engenharia de Combate (7º BE Cmb), solicitando uma Ponte Móvel a ser instalada sobre o rio Peritoró, no Povoado Pregos.

A antiga ponte que estava com a estrutura toda comprometida e que inclusive o prefeito Fernando Cutrim alertou o Estado sobre o risco de uma tragédia, desabou no dia primeiro de julho deste ano. A manutenção de toda a estrada MA-338 é de responsabilidade do Governo do Maranhão.

No ofício enviado ao Exército Brasileiro, o prefeito destaca as comunidades afetadas com o desabamento da ponte e as consequências desagradáveis para os moradores em razão de duas Unidades Básicas de Saúde (UBS) e quatorze escolas municipais que funcionam na região, além do escoamento da produção agropecuária da região está prejudicado.

Depois de várias tentativas junto ao Governo do Maranhão, Prefeito de Pirapemas Fernando Cutrim faz apelo ao Exército Brasileiro
Imagem Ilustrativa

Leia Também

Fernando Cutrim e Carol do Posto vão na Sinfra e cobram intervenção do Governo do Estado na ponte que desabou sobre o Rio Peritoró

Prefeito Fernando Cutrim e Vice Carol do Posto cobram o Governo do Maranhão para executar serviços na Ponte do Povoado Pregos

Prefeito Fernando Cutrim e vice Carol do Posto se reúnem com secretário adjunto da Sinfra e cobram o início da construção da Ponte no Povoado Pregos

Cobrança Junto ao Governo do Maranhão

No início do mês de março deste ano, quando a ponte ainda estava em pé, o prefeito Fernando Cutrim protocolou ofício junto a Secretaria de Infraestrutura do Estado (SINFRA) solicitando uma intervenção imediata em razão da péssima estrutura que a ponte já apresentava como por exemplo: madeiras decompostas, assoalho quebrado entre outras problemáticas. 

Prefeito Fernando Cutrim cobra do Governo do Estado serviços de melhorias na Ponte sobre o Rio Peritoró
Prefeito Fernando Cutrim cobra do Governo do Estado serviços de melhorias na Ponte sobre o Rio Peritoró

Apesar do pedido de urgência do prefeito, nada foi feito pelo Governo do Estado e quase quatro meses depois, a ponte desabou enquanto um caminhão carregado de madeira passava sobre ela

Ponte desabou enquanto um caminhão carregado de madeira passava sobre ela

No dia seguinte a queda da ponte, o prefeito Fernando Cutrim e a vice Carol do Posto, estiveram na Secretaria de Infraestrutura (SINFRA) para cobrar mais uma vez por uma ação do Estado. Na ocasião, eles foram recebidos pela Superintendente de Manutenção de Rodovias do Maranhão, a senhora Raimunda, apesar de diversas promessas, denovo, nada foi feito.

Fernando Cutrim e Carol do Posto vão na Sinfra e cobram intervenção do Governo do Estado na ponte que desabou sobre o Rio Peritoró

Três meses após terem ido a Sinfra, Fernando e Carol voltaram a Secretaria para buscar uma solução para a problemática. Desta vez, eles foram atendidos pelo Secretário Adjunto da Sinfra, Rafael Heiger. Na época, Rafael Heiger, informou que o plano de execução da obra teria sido encaminhado para o setor de engenharia da Secretaria de Infraestrutura do Estado para elaboração do projeto, no entanto, mais de um mês depois, o Governo do Maranhão nada fez para resolver a situação.

Prefeito Fernando Cutrim e vice Carol do Posto se reúnem com secretário adjunto da Sinfra e cobram o início da construção da Ponte no Povoado Pregos




mais notícias


Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: