ACESSOS DE FORMA RETA

Obra que vai acabar com a rotatória do elevado da Cohab está prevista para começar em julho

O objetivo é melhorar o fluxo do trânsito.
Por: G1MA COM ASSESSORIA
Data de publicação: 09/06/2021 15h40

Foto: Paulo Soares/O Estado

Está previsto para julho o início das obras de retirada da rotatória do elevado da Cohab, em São Luís, segundo a segundo a Agência Executiva Metropolitana (Agem), responsável pela obra de requalificação da Avenida Jerônimo de Albuquerque. O objetivo é melhorar o fluxo do trânsito.

De acordo com a Secretaria Municipal de Trânsito e Transportes (SMTT), circulam na região, diariamente, mais de 11 mil veículos entre coletivos, carros de passeio e motocicletas.

A Avenida Jerônimo de Albuquerque é uma das mais longas da capital e passa por vários grandes bairros, como Cohab, Angelim, Bequimão, Vinhais, Cohafuma. Desde 2018, a avenida vem passando por obras de alargamento para tentar reduzir os frequentes engarrafamentos, principalmente, no horário de pico.

Segundo a Agem, a obra será dividida em quatro etapas. Na última fase está prevista a retirada da rotatória do elevado da Cohab, devendo ficar apenas acessos de forma reta. “Com essa nova intervenção, os motoristas vindos da São Luís Rei de França terão somente o acesso direto ao bairro do Anil, passando por cima do viaduto e vice e versa, enquanto os condutores provenientes da Cohab terão apenas o acesso ao Angelim, sendo feito por baixo do viaduto e vice e versa”, explicou Lívio Correa, presidente da agência.

Veja, abaixo, a nota completa da Agem:

"O Governo do Estado, por meio da Agência Executiva Metropolitana (AGEM), esclarece que a retirada da rotatória da Cohab faz parte do projeto de ampliação da Avenida Jerônimo de Albuquerque.

Essa etapa está prevista para o mês de julho, quando forem encerrados os serviços que estão sendo realizados na área compreendida entre o Angelim até a entrada de acesso ao Residencial Pinheiros.

O fluxo de veículos se dará por meio das alças internas existentes nos bairros do Angelim e Cohab e esse fluxo será organizado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Trânsito e Transporte (SMTT), que atua como parceira do Governo do Estado neste projeto."





mais notícias


Copyright © 2021. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: