VIOLÊNCIA

Sinais de tortura são encontrados em corpo de taxista desaparecido em São Luís

Cadáver de José Manuel estava enterrado em uma casa, no bairro da Divinéia.
Por: PORTAL JG
Data de publicação: 02/12/2019 09h50
Atualizado: 02/12/2019 09h55

Foto: divulgação

 

Foi localizado, na manhã do último domingo (1), o corpo do taxista José Manuel Rebelo Sousa, de 61 anos, desaparecido desde a tarde de sábado (30). O cadáver de José Manuel estava enterrado em uma casa, no bairro da Divinéia, em São Luís.

A polícia, encarregada de localizar o paradeiro do taxista, realizou a prisão de quatro suspeitos de envolvimento no crime. Um menor de idade, que confessou ter participado da ação, conduziu os policiais para onde o corpo havia sido enterrado. 

O cadáver de José Manuel estava em uma residência abandonada. O corpo continha sinais de tortura. No local, também havia documentos e pertences da vítima.

De acordo com informações, a corrida realizada pelo motorista, no sábado, quando desapareceu, foi solicitada por um homem, uma mulher e um menor de idade. Aventa-se a hipótese de que os suspeitos, após irem de encontro à vítima, roubaram-na o carro para realizar assaltos. Em seguida, o assassinaram, ocultando o cadáver.

O corpo de José Manuel foi encaminhado para o Instituto Médico Legal (IML), a fim de apurar os sinais de tortura. O carro do taxista ainda não foi encontrado.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: