BARBARIDADE

Polícia pede à Justiça prisão de mulher que jogou carro contra caminhão para matar a filha

Mãe e filha de dois anos ficaram feridas. Segundo a investigação, a condutora agiu intencionalmente ao bater carro contra um caminhão.
Por: PORTAL JG COM GAUCHAZH
Data de publicação: 19/05/2021 11h05

A Polícia Civil pediu à Justiça a prisão preventiva da mulher identificada como Ana Alice, 34 anos, envolvida em acidente de trânsito na BR-386, em Lajeado, na tarde da última segunda-feira (18). Segundo a delegada Shana Hartz, antes da colisão, ela gravou um vídeo com a filha de dois anos onde relatava que iria tirar a vida dela e da criança. O Uno conduzido pela mulher bateu de frente com um caminhão no km 344 da rodovia. A criança teve ferimentos leves. 

Leia Também

Mãe grava vídeo com a filha 'vamos ali se matar' e joga carro contra caminhão

— A menina está viva por um milagre. Ela teve alguns arranhões e ontem  (segunda) mesmo foi liberada do hospital. A mãe gravou esse vídeo e enviou para colegas de trabalho e para o pai da criança. Diante dessas informações, encaminhamos a ocorrência no sentido de se tratar de um homicídio doloso (quando há intenção de matar) em relação a filha — destacou a delegada regional. 

A mulher ficou presa às ferragens e foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros. Por conta do agravamento do estado de saúde, ela foi encaminhada ao Hospital de Pronto-Socorro (HPS) de Canoas.  

A delegada informou que a mulher não aceitava o término do relacionamento com o pai da criança:

— O vídeo é a materialidade do fato. Ela foi até a escola, pegou a criança, gravou o vídeo e foi para a rodovia federal. Fica bem caracterizado que ela, no intuito de provocar a sua morte e da criança, causou o acidente de trânsito.   

A Polícia Civil aguarda a análise do Poder Judiciário para que a prisão seja decretada.





mais notícias


Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: