SÃO LUÍS

Frentista é morto a tiros em posto no Jardim São Cristóvão

Suspeitasse que o assassinato tenha sido por encomenda.
Data de publicação: 09/10/2019 00h10
Atualizado: 09/10/2019 06h23

Frentista assassinado
Denilson de Sousa possuía duas passagens pela polícia – Foto: Reprodução

O frentista identificado como Denilson Chrislley Oliveira de Sousa, de 24 anos, foi morto a tiros por dois homens em uma moto, na noite desta segunda-feira (07), no posto em que trabalhava localizado na Avenida ou Vieira da Silva, nos fundos do Mix Mateus, bairro Jardim São Cristóvão.

Segundo informações repassadas pela Polícia Militar, os criminosos teriam chegado no local em uma moto, aparentando querer abastecer. Momento em que um dos criminosos desce da moto e já inicia os disparos. Denilson chegou a correr, mas continuou sendo alvejado, caindo a alguns metros distante do posto de combustível. 

Após ser identificado, a polícia verificou que Denilson de Sousa possuía duas passagens pela polícia, por porte ilegal de arma de fogo, início deste ano, e roubo qualificado. Ele residia na Rua das Parreiras, no Pontal da Ilha, na região do Conjunto São Raimundo.

Em março deste ano, ele foi abordado pelo 6º Batalhão de Polícia Militar (6º BPM) dentro de um clube de reggae na Avenida Tibiri, no Conjunto São Raimundo. Ele portava uma arma de fogo.

O crime tem característica de acerto de contas ou mesmo de encomenda. No local, algumas pessoas comentavam que o crime poderia ter sido ordenado por alguma facção criminosa.

Até o momento, a polícia não tem pistas dos dois assassinos. Câmeras do sistema de monitoramento poderão ajudar na elucidação desse crime.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: