OPERAÇÃO DEMOLIÇÃO

Polícia efetua prisão de 12 envolvidos em roubos, tráfico e violência sexual em São Luís

Criminosos agiam a mando de facção criminosa.
Data de publicação: 19/09/2019 10h30
Atualizado: 19/09/2019 15h58

Membros de facção
12 pessoas foram presas durante "Operação Demolição". Foto: Divulgação

Na manhã da última quarta-feira (18), a polícia civil deflagrou a “Operação Demolição”, no bairro do São Raimundo e adjacências, em São Luís. O objetivo era cumprir 17 mandados de prisão temporária e 12 mandados de busca e apreensão contra membros de facção com influência na região metropolitana da capital.

12 pessoas foram presas. Dentre elas, três mulheres: Elizabeth Nogueira Soares, conhecida como “Dona Beta”; Ducilene Rocha dos Santos, conhecida como “Dulce”; e Cristiane Bianca.

Foram efetuados mandados de prisão contra cinco detentos do sistema penitenciário que, mesmo aprisionados, comandavam diversos crimes, como tráfico de drogas – o carro-chefe da atividade criminosa desempenhada pelo grupo – roubos, homicídios, ocultação de cadáveres, tortura e ameaças de violência sexual.

Segundo informações da polícia, os líderes da facção, Mauro Soares, e seu filho, Mauro Neto, comandavam as ações dos demais comparsas em visitas que recebiam, através das quais repassavam as ordens por meio, principalmente, de bilhetes escritos à mão.

As investigações feitas pela Polícia Civil, em especial pelas Superintendências da Capital (SPCC) e de Homicídios (SHPP), indicam a prática de pelo menos seis homicídios contra adversários de outras facções, bem como dissidentes da própria organização

Suspeita-se que os corpos executados foram enterrados em área de mata fechada, próximo ao bairro do São Raimundo. 





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: