ESTUPRO DE VULNERÁVEL

Polícia prende avô que abusou sexualmente da neta em Icatu

Jose Ribamar foi encaminhado ao presídio de Rosário onde encontra-se à disposição da justiça.
Data de publicação: 10/07/2019 13h49
Atualizado: 11/07/2019 07h19

A Polícia Civil do Maranhão por meio da 1ª Delegacia Regional de Rosário, efetuou na tarde de ontem (9), no Povoado Mata, zona rural de Icatu, o cumprimento do mandado de prisão preventiva em desfavor de Jose Ribamar Alves, de 62 anos, pela prática de estupro de vulnerável, tendo como vítima uma neta de 11 anos, crime previsto no art. 217-A do Código Penal.

Tal crime tornou-se do conhecimento da Polícia Civil no plantão da Delegacia Regional de Rosário, no sábado (6), e desde então todas as providências foram tomadas para elucidar o fato criminoso, bem como os cuidados como encaminhar a vítima para atendimento no Centro de Perícias Técnicas para a Criança e o Adolescente CTPCA, para exames.

Com o resultado das investigações, em apenas dois dias a Autoridade Policial titular da Regional de Rosário procedeu à representação pela prisão do investigado, a qual foi acolhida pelo Poder Judiciário de Icatu/Ma com parecer favorável do Ministério Público e dado imediato cumprimento pela Polícia Civil por policiais da Delegacia Regional de Rosário e Delegacia de Icatu.

Jose Ribamar foi encaminhado ao presídio de Rosário onde encontra-se à disposição da justiça.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: