MORTE DESCONHECIDA

Sob efeito de álcool e droga homem é preso por invadir igreja, mas morre no dia seguinte em delegacia

Leandro Tavares de Sousa passou a noite em uma cela, mas na manhã seguinte ao ser procurado para prestar depoimento, foi encontrado já sem vida.
Data de publicação: 18/06/2019 00h23
Atualizado: 19/06/2019 09h56

Na 10ª Delegacia Regional de Imperatriz, a 620 quilômetros da capital maranhense, um detento foi encontrado morto em uma das celas na madrugada desta segunda-feira (17). De acordo com a Polícia Civil, o homem aparentava antes estar embriagado e com sinais de estar sob efeito de algum entorpecente.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública do Maranhão (SSP-MA), Leandro Tavares de Sousa foi preso na noite do último domingo (16), pela Polícia Militar, após provocar uma baderna em uma igreja. O homem, que utilizava uma tornozeleira eletrônica, chegou a resistir à prisão.

Em nota, a SSP comunicou que, na delegacia, Leandro foi colocado em uma cela sozinho, porém, ao longo da madrugada, outro preso por um crime semelhante foi colocado no mesmo ambiente e não percebeu nada de anormal em relação ao estado de saúde do companheiro de cela.

Durante a manhã, um inspetor da Polícia Civil esteve na cela para checar se Leandro estava em condições de prestar depoimento e foi encontrado já sem vida. Uma equipe do Instituto Médico Legal (IML) esteve no local e, de acordo com as informações preliminares, não foram encontrados sinais de violência. Os exames ainda serão realizados para identificar a causa da morte. A Polícia Civil segue com o processo investigatório.

mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: