OPERAÇÃO HOSPES

Polícia cumpre seis mandados de prisão contra investigados por roubo de veículos na Grande Ilha

Após os procedimentos de praxe, os presos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário.
Por: PORTAL JG
Data de publicação: 12/04/2022 10h32

Na última sexta-feira(8), a Polícia Civil do Maranhão apresentou um balanço geral da Operação Hospes, deflagrada nos últimos dias 7 e 8 de abril que tinha como propósito cumprir mandados de prisão e busca e apreensão contra investigados de crimes de roubo de veículos automotores em São Luís e Região Metropolitana. Em números, foram seis mandados de prisão preventivas cumpridos.

Segundo a Delegacia de Roubos e Furtos de Veículos (DRFV), na quinta-feira (7), foi cumprido um mandado de prisão preventiva em desfavor de um homem de 26 anos de idade, morador da Vila Luizão, acusado de participação em um roubo circunstanciado em outubro de 2021 em um motel no Bairro Parque Vitória, onde foram subtraídos objetos pessoais e um veículo Toyota/Hilux/SW4.

Ainda na quinta-feira(7), foi dado cumprimento a outros dois mandados de prisão preventiva em desfavor de outros dois investigados pelo mesmo crime. Os mandados foram cumpridos no Completo Penitenciário de Pedrinhas, onde os investigados estão presos por outro crime de roubo de veículo automotor.

Na sexta-feira(8), no bairro Vila Conceição, foi dado cumprimento a um mandado de prisão preventiva e outro de busca e apreensão contra um homem de 21 anos de idade por praticar um roubo de um veículo Nissan/Frontier, em junho de 2021, no Bairro Recanto dos Nobres. No Complexo Penitenciário de Pedrinhas foi dado cumprimento a outro mandado de prisão preventiva contra o segundo investigado de 26 anos de idade, por participação no mesmo crime.

Também na sexta-feira(8), no bairro Morada do Sol, foi dado cumprimento a um mandado de prisão preventiva e busca e apreensão contra um indivíduo de 21 anos de idade, investigado por roubo de uma motocicleta ocorrido no dia 9 de maio do ano passado, no Bairro São Francisco.

Após os procedimentos de praxe, os presos foram encaminhados ao Complexo Penitenciário de Pedrinhas, onde permanecerão à disposição do Poder Judiciário. As investigações estão formalizadas em 03 (três) inquéritos policiais, e no prazo máximo de 10 (dez) dias serão encaminhados ao Poder Judiciário.





mais notícias


Copyright © 2022. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: