A PARTIR DE SEXTA-FEIRA

"Sem reajuste salarial, ônibus vão parar", diz presidente do Sindicato dos Rodoviários

Dentre as reivindicações está o fato de que a patronal quer retirar o plano de saúde e reduzir o valor do ticket-alimentação dos cobradores.
Por: PORTAL JG
Data de publicação: 11/02/2020 14h15

Em vídeo que circula nas redes sociais, o presidente do Sindicato dos Rodoviários, Isaías Castelo Branco, manifesta possível greve do sistema público de transporte de São Luís na próxima sexta-feira (14).

“Mais uma vez estamos aqui pra informar a irresponsabilidade da patronal de não querer negociar o nosso reajuste salarial. Mais uma vez mandaram uma contraproposta que vem, na verdade, retirando o que nós já temos de direito, querendo acabar com nosso plano de saúde, com o ticket-alimentação para cobrador, oferecendo apenas 200 reais do ticket. Isso é uma afronta à categoria, nós não podemos de maneira alguma permitir uma ‘palhaçada’ desse tipo para com a categoria. Mediante a essa proposta irresponsável, nós queremos informar a todos os trabalhadores e também aos usuários do transporte que estamos aguardando qualquer que seja a mediação junto ao Ministério Público e Justiça do Trabalho pra podermos levar uma proposta decente ao trabalhadores. Caso isso não aconteça, nós já estabelecemos um prazo de 72 horas. Se não houver uma proposta decente, 0 horas da sexta-feira o transporte público de São Luís, urbano e semiurbano vai estar parado. Se não houver proposta pra nós negociarmos com a categoria, o sistema vai parar 0 horas de sexta-feira”.





mais notícias


Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: