SUSTO

Passageiros de um voo da Gol são evacuados por falta de revisão técnica na aeronave

O voo 1735 teve que ser interrompido minutos antes da sua decolagem.
Data de publicação: 15/01/2020 15h01

IMG-20200114-WA0128
Foto: Reprodução

O voo 1735, da Gol Linhas Aéreas, com destino a Brasília (DF) e conexões, uma delas para Porto Alegre (RS), teve que ser abortado poucos minutos da decolagem por volta das 16h40, desta terça-feira (14), no Aeroporto Marechal Cunha Machado, em São Luís. 

A aeronave, um Boeing 737-800, decolaria às 17h, mas teve que ser evacuada às pressas após ter sido detectada uma ocorrência de segurança. Chovia bastante quando foi dado o alerta.

Dezenas de passageiros já haviam embarcado e já estavam acomodados em seus respectivos assentos quando o comandante deu o alerta para que o procedimento fosse interrompido. Ato contínuo, o piloto anunciou que todos deveriam sair do avião e aguardar instruções.

A princípio iniciaram-se rumores de que um objeto estranho foi encontrado dentro da cabine, no momento em que os passageiros adentravam, informação está que não é verdadeira.

A Gol Linhas Aéreas, esclareceu a situação ocorrida por meio de nota na qual afirma que a aeronave que faria o trajeto apresentou uma limitação técnica, havendo a necessidade de revisão por parte da sua equipe de manutenção. Com isso, a Gol não pôde cumprir com o seu compromisso de chegar ao seu destino no horário previsto.

“Pedimos desculpas pelo desconforto causado e ressaltamos que medidas como esta visam garantir a Segurança, valor prioritário da companhia”, diz um trecho da nota.

“Agradecemos a sua compreensão e desejamos que em breve tenha uma nova viagem conosco”, concluiu a empresa.





mais notícias


Copyright © 2020. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: