INSPIRAÇÃO

Maranhense é finalista na Olimpíada da Língua Portuguesa

David Lima dos Santos segue para a grande final que será realizada em São Paulo, no dia 9 de dezembro.
Por: PORTAL JG
Data de publicação: 27/11/2019 15h35
Atualizado: 27/11/2019 19h55

ptg
David Lima dos Santos – Foto: Reprodução

A Olimpíada de Língua Portuguesa completou no dia 19 de novembro a fase semifinal do concurso e apresentou todos os finalistas nas cinco categorias de gênero textual. O estado do Maranhão terá o aluno David Lima dos Santos e sua professora Kellyenne Costa Fontinele na final que será realizada no dia 9 de dezembro, em São Paulo, quando serão conhecidos os vencedores nacionais.

David Lima está concorrendo na categoria “Memórias Literárias”, com o trabalho "Nos braços do Ipixuna". Davi estudante da escola Unidade Integrada Pequeno Príncipe, do município maranhense de Lago Verde.

WhatsApp-Image-2019-11-27-at-11-38-54-1
David Lima e sua professora Kellyenne Costa estarão na final da Olimpíada de Língua Portuguesa, em São Paulo – Foto: Reprodução  

A 6ª edição da Olimpíada de Língua Portuguesa recebeu 12.074 inscrições do estado do Maranhão. Além da rede estadual de ensino, o Programa teve adesão das secretarias de educação de 207 municípios, totalizando 2.933 escolas. No Brasil, foram 171.035 inscrições nas cinco categorias por gênero textual, com adesão de todos os estados e de 4.876 municípios (87,5% do total), alcançando 42.086 escolas. Mais de 5 milhões de alunos participaram das oficinas de leitura e escrita realizadas para a produção dos textos.

Desde o lançamento desta edição, em fevereiro, até a última terça-feira, foram dez meses de envolvimento de alunos e docentes com a produção de texto, escrevendo sobre o tema O lugar onde vivo, que propiciou aos estudantes estreitar vínculos com a comunidade e aprofundar o conhecimento sobre a realidade local.

A Olimpíada é realizada pelo Itaú Social e pelo Ministério da Educação (MEC) com coordenação técnica do Centro de Estudos e Pesquisas em Educação, Cultura e Ação Comunitária (Cenpec). O objetivo é apoiar os professores da rede pública no aprimoramento das práticas de ensino de leitura e escrita. A partir da metodologia do Programa Escrevendo o Futuro, os professores realizaram oficinas de produção de texto com os alunos do 5º ano do Ensino Fundamental ao 3º ano do Ensino Médio.

O concurso conta com a parceria da União Nacional dos Dirigentes Municipais de Educação (Undime), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed), da Fundação Roberto Marinho e do Canal Futura.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: