DUAS VÍTIMAS DENUNCIAM

Mulher usa OLX para dar golpe em São Luís

Através do aplicativo ela abordou as vítimas.
Por: PORTAL JG
Data de publicação: 10/11/2019 14h13
Atualizado: 11/11/2019 15h44

Na última quinta-feira (07), dois golpes foram aplicados em São Luís, através do site de compra e venda OLX. A golpista usou nomes diferentes para cada vítima, ela usava transferências falsas da Caixa Econômica Federal para enganar as vítimas.

Por meio do aplicativo da OLX, a mulher abordava a vítima e logo demonstrava interesse nos produtos anunciados. Uma das vítimas anunciou em seu perfil do aplicativo, um cordão de ouro, a golpista logo enviou uma mensagem via WhatsApp, se passando por “Fernanda”. Interessada na peça, as duas acabaram fechando negócio no cordão do anúncio e mais uma outra peça, somando um valor de R$ 2.500,00.

Segundo relato da vítima, a golpista foi ao estabelecimento onde ela trabalha e apresentou um comprovante de transferência bancária da Caixa Econômica Federal. Convencida de que o dinheiro estava na conta, ela então entregou os cordões para “Fernanda”. E somente, depois, verificou que a transferência não foi efetuada e percebeu que havia caído em um golpe.

WhatsApp Image 2019-11-10 at 16-07-43
Boletim de Ocorrência feito pela primeira vítima  – Foto: Enviado pela denunciante

Mais tarde, no mesmo dia, uma jovem também caiu no golpe. A mesma tinha anunciado seu celular, um Iphone 8 plus, no mesmo aplicativo, dessa vez a golpista usou o nome de “Larissa”. Logo as duas também marcaram um local para realizar a venda do celular, o local foi a Faculdade Mauricio de Nassau, onde a segunda vítima estuda.

WhatsApp Image 2019-11-10 at 15-15-19 (1)
A esquerda a golpista que se passou por "Larissa", junto com uma cúmplice, momentos antes de ser realizado a entrega do celular na faculdade – Foto: Enviado pela denunciante 

Em vídeo cedido pela faculdade mediante Boletim de Ocorrência, pelas imagens da câmera de segurança, é possível ver a golpista acompanhada por outra mulher e também uma criança, o desfecho foi o mesmo, depois de ter entregado o celular a suposta compradora, a estudante vítima do golpe se deu conta de que a transferência não tinha sido efetuada.

FotoJet2 (1)
A esquerda o comprovante de transferência falso, a direita o extrato da conta da vítima comprovando que nenhum dinheiro foi depositado após a venda – Foto: Enviada pela denunciante

O Portal JG entrou em contatos com as duas mulheres afetadas pelo golpe, ambas já fizeram o B.O. e estão divulgando as imagens da câmera de segurança da faculdade, para encontrar a golpista. De acordo, com a primeira vítima, o nome verdadeiro da mulher seria Joyce, outras pessoas que estão ajudando por meio das redes sociais reconheceram a mesma, mas a polícia ainda não a capturou.

O número usado pela estelionatária nas negociações, se encontra indisponível tanto para ligações quanto para envio de mensagem de texto.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: