AÇÃO POLICIAL

Operação Policial apreende armamento e drogas em São Luís

Dois suspeitos foram presos.
Data de publicação: 20/10/2019 11h28
Atualizado: 21/10/2019 21h00

Operação Cerco Total realizou apreensão de armas e drogas
Foto: divulgação

A Polícia Militar do Maranhão lotada no 6ºBPM, em ação realizada em combate ao tráfico de armamentos e drogas, em São Luís, realizou no último sábado (19), a operação ‘Cerco Total’, que resultou na prisão de dois suspeitos.

De acordo com informações da Polícia Militar, foram apreendidas seis armas de fogo, um prolongador com capacidade para 50 munições, 11 munições calibre.12, um colete a prova de balas, uma máquina de choque, três balanças de precisão e uma grande quantidade drogas.

WhatsApp Image 2019-10-21 at 20-03-10
Foto: Divulgação PM/MA

A equipe sob o comando do Tenente Coronel Marcelo, do 6ºBPM, iniciaram buscas em um matagal pertencente a INFRAERO, localizado na Vila Cutia, após receber informações de que um grupo de criminosos haviam realizado assalto a uma residência na Vila Cascaval, e estava escondia na área. Após longa incursão mato à dentro, foi observado aproximadamente oito criminosos portando arma de fogo de grosso calibre. Os policias se posicionaram em local seguro e abrigado para tentar iniciar uma negociação, sendo estes recebidos com disparos de arma de fogo, sendo respondido proporcionalmente pelos policiais, momento em que dois elementos foram baleados e detidos e o restante conseguindo evadir-se tomando rumo ignorado. Foi pedido apoio na rede rádio para captura do restante do bando, e de imediato viaturas do BPchoque, Cosar e Gtm adentraram na região de matagal porém sem êxito na localização dos indivíduos.

WhatsApp Image 2019-10-21 at 20-03-10 (1)
Foto: Divulgação PM/MA

Foram presos na ação, João Vinícius de Araújo barros, de conhecido como "cabeça", de 26 anos, morador do bairro São Raimundo; e um menor de idade, morador da Vila Valian.

WhatsApp Image 2019-10-21 at 20-03-11
Foto: Divulgação PM/MA

A PM também informou que os dois suspeitos foram levados ao hospital, onde devem seguir para encaminhamento à sede da Superintendência Estadual de Investigações Criminais (SEIC), no Bairro de Fátima, na capital.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: