INTERNET BANDA LARGA

Maranhão vai lançar concorrência para conectar 70% da população

O Maranhão é o estado menos conectado do país, onde apenas 31,6% dos habitantes têm acesso a internet.
Data de publicação: 26/06/2019 17h25
Atualizado: 26/06/2019 17h30

O Governo do Maranhão lançará, no próximo dia 31 de julho, licitação internacional, orçada em R$ 450 milhões, para implantar 6.500 km de fibra ótica e levar internet de banda larga a 70% da população em 105 cidades e aos órgãos públicos estaduais. Foi o que anunciou nesta terça-feira, 25, no 57º EncontroTele.Síntese, o presidente da Empresa Maranhense de Recursos Humanos e Negócios Públicos (Emarhp), Mayco Pinheiro. 

Com essa iniciativa, o Maranhão deixará de ser o estado menos conectado do país, onde apenas 31,6% dos habitantes têm acesso a internet. “Boa parte da internet que existe nem é fornecida com fibra ótica, mas sim com rede de cobre”, comparou. Para tanto, haverá uma PPP (Parceria Público-Privada) com boa parte dos investimentos sendo assegurados por recursos do FPE (Fundo de Participação dos Estados).

“A iniciativa privada não tem condições de investir  nessas infovias, o que demanda alto risco e elevados investimentos”, avaliou. Ao mesmo tempo, apontou que o Estado não tem perfil para assumir esses serviços em curto espaço em razão da morosidade dos processos administrativos.

Por meio da PPP,  serão oferecidos também à administração estadual acesso à tecnologia de videoconferência, espaço para tráfego de  dados e Voip, serviço que permite uso de computador ou smartphone para ligações nacionais ou internacionais. É prevista também a instalação de pontos de Wi-fi em municípios menores, inclusive 30 deles que apresentam as menores taxas em IDH (Índice de Desenvolvimento Humano).





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: