6ª AGÊNCIA EXPLODIDA SÓ ESTE ANO

Banco do Brasil do João Paulo é alvo de criminosos

Ação aconteceu na madrugada de hoje (26); o grupo não conseguiu roubar dinheiro do banco.
Data de publicação: 26/06/2019 14h51
Atualizado: 26/06/2019 14h54

Agência bancária do João Paulo foi alvo de criminosos. Foto: Reprodução/TV Mirante.

Na madrugada desta quarta-feira (26), criminosos quebraram a porta da frente de uma agência do Banco do Brasil, na avenida São Marçal, no bairro João Paulo. Pedaços de vidro ficaram espalhados pelo chão, mas os caixas eletrônicos não foram destruídos pelos explosivos.

Segundo informações da Polícia Militar (PM), o funcionário do sistema de monitoramento do Banco do Brasil fez contato com a PM passando a informação por volta de 03h, informando que dois homens estavam no interior da agência bancária. O Tenente de serviço acionou de imediato a viatura da área e também deslocou-se para o local. Nesse intervalo houve a explosão no interior da agência. Um caixa eletrônico foi atingido, mas não tiveram êxito, pois não conseguirem abrir o caixa.

Os criminosos deixaram para trás três bananas de dinamite. Também foi encontrada, no local da explosão, a carteira de identidade de uma mulher.

O caso está sendo investigado, e os suspeitos são procurados.

6ª agência bancária explodida só este ano em São Luís

Desde janeiro, houve cinco registros de explosões de terminais de autoatendimento bancário, em São Luís.

As cinco ocorrências anteriores tiveram como alvos os caixas eletrônicos da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), na Avenida dos Holandeses, no Calhau (a menos de dois quilômetros do quartel do Comando Geral da Polícia Militar); e os caixas eletrônicos das agências do BB dos bairros Alemanha, na Avenida dos Franceses; da Caixa Econômica Federal, na Avenida Getúlio Vargas, Monte Castelo (próximo ao Canto da Fabril); no Anil, na Avenida Santos Dumont; e a agência do BB do Calhau, também situada a menos de dois quilômetros do Comando Geral da PM.

Na madrugada do último dia 18, três bandidos armados e portando quatro bananas de dinamite, alicate e óculos de proteção foram presos na após cerrado tiroteio na Vila Conceição, próxima ao Altos do Calhau, seguido de perseguição. A suspeita é de que eles se preparavam para explodir mais uma agência bancária na capital.





mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: