Polícia localiza carro de italiano assassinado em São Luís

Veículo estava abandonado próximo a uma invasão por nome de Formento.
Data de publicação: 14/03/2019 11h49
Atualizado: 14/03/2019 14h01

A polícia militar do Maranhão localizou na última terça-feira (12), o veículo do italiano Carmelo Mário Calabrese, de 65 anos, que foi encontrado morto no dia 7 de março no rio Tibiri em São Luís. 

Ajuda de Populares

A guarnição da PM com os soldados R.Vieira e Filardes fazia ronda próximo ao IFMA, campus Maracanã, quando foram abordados por populares informando que havia um veículo abandonado próximo a uma invasão por nome de Formento. Ao se deslocarem até o local, os policiais constataram que o carro era um Fiat Siena, ao fazerem a checagem no sistema do Detran, foi identificado que o veículo pertence ao italiano brutalmente assasinado no dia 7 de março.

A área onde o carro estava abandonado, foi isolada até a chegada da perícia e do delegado responsável pelo caso.

Entenda o caso

O italiano Carmelo Mário Calabrese, de 65 anos, desapareceu na última quinta-feira (7) no bairro Alto Laranjal, em Paço do Lumiar, na Região Metropolitana de São Luís. Nesta segunda-feira (11), o corpo dele foi encontrado sem identificação na sede do Instituto Médico Legal (IML) em São Luís.

Carmelo Mário Calabrese

Segundo a polícia, ele foi achado na sexta-feira (8) por pescadores boiando no rio Tibiri, na capital. O corpo do Carmelo Calabrese foi identificado por amigos e vizinhos. As primeiras investigações encontraram marcas de sangue no banheiro da casa onde ele vivia e toda a área foi isolada.

Os exames do Instituto Médico Legal (IML) ainda não foi divulgado. A principal linha de investigação da polícia é que o italiano tenha sido vítima de latrocínio, já que a casa onde ele vivia estava com roupas e objetos espalhados. Peritos do Instituto de Criminalística encontraram na casa dele, um rastro de sangue do banheiro até a garagem onde estava o carro dele, que também está desaparecido.

mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: