Estado apresenta novo perfil do Hospital Regional de Matões do Norte

O modelo instalado no estado do Ceará, em 2010, funciona no formato consórcio nas regiões de saúde, onde o estado custeia 40% dos custos e o conjunto dos municípios 60%.
Data de publicação: 22/02/2019 13h27
Atualizado: 22/02/2019 16h00

Carlos Lula com gestores de saúde durante apresentação da policlínica de Matões do Norte

O Governo do Maranhão apresentou o projeto de policlínica aos representantes da Comissão Intergestores Regionais (CIR) de Itapecuru-Mirim, formada por 14 municípios, da regional de saúde.

A proposta foi citada durante reunião, realizada, nesta quinta-feira (21), entre a Secretaria de Estado de Saúde (SES) e os gestores municipais de saúde. O diálogo é mais um passo para a restruturação dos serviços do Hospital Geral de Matões. A unidade será reaberta em março.

Durante o diálogo, o secretário de Estado de Saúde, Carlos Lula, recebeu os representantes da CIR de Itapecuru-Mirim, e contou com a participação do ex-secretário de Estado de Saúde do Ceará, Henrique Jorge Javi.

“Mais uma vez como aliados dos municípios, estamos avançando na estruturação do novo perfil do Hospital de Matões. O ex-secretário de Saúde do Ceará, Henrique Javi, apresentou o modelo bem-sucedido das policlínicas em seu estado, que funcionam através de consórcios”, destacou o secretário Carlos Lula.

“A ideia é que o estado custeie esse modelo, fato que foi bem recebido pelos representantes das regionais. Se o modelo de consórcio para financiamento for aprovado, teremos um projeto de gestão a ser apresentado para todo estado”, completou.

O modelo instalado no estado do Ceará, em 2010, funciona no formato consórcio nas regiões de saúde, onde o estado custeia 40% dos custos e o conjunto dos municípios 60%.

“Cria-se um meio de políticas conjuntas que resolvem a gestão da oferta, onde não conseguimos suprir e nem planejar”, disse o ex-secretário de Saúde do Ceará, Henrique Jorge Javi.

“Com esse modelo de gestão se consegue olhar para atenção primária, para prevenir as demandas de média complexidade e, também, para o paciente, que pode ser atendido na atenção primária, e onere os custos buscando atendimento na atenção secundaria”, explicou Javi.

A presidente da Comissão Intergestores Regional (CIR) de Itapecuru Mirim, Claudia Melo Coelho disse que a proposta da policlínica pode atender a demanda da região.

“Nós temos em média 400 mil habitantes, e a população que tinha acesso, vai continuar a ter acesso a esse hospital, com as especialidades médicas e o serviço de ortopedia. É uma necessidade da região e que está sendo garantida pelo Governo do Estado”, disse.

O secretário adjunto de Saúde de Matões do Norte, João Pedro Vieira Neto, destacou o avanço das tratativas para manter o atendimento em saúde de qualidade para população.

“Estamos totalmente de acordo com a melhorias, a reabertura do Hospital Geral de Matões do Norte e com a nova proposta de perfil apresentada pelo governo estadual”, afirmou.

O deputado estadual Yglésio Moyses participou do diálogo. “Na primeira reunião plantamos uma semente, o diálogo, que está sendo cultivado. Fico feliz que a SES é aberta a este diálogo que só fortalece os municípios e beneficia a população”, destacou o parlamentar.

Estiveram, também, presentes na reunião os secretários dos municípios de Anajatuba, Arari, Cantanhede, Itapecuru-Mirim, Matões do Norte, Miranda do Norte, Nina Rodrigues, Pirapemas, São Benedito do Rio Preto, Urbano Santos, Vargem Grande e Vitória do Mearim, além do presidente do Conselho de Secretários Municipais de Saúde (Cosems), Vinícius Araújo.

mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: