Um mês depois de ser homenageado pelo Governo do Maranhão, delegado é exonerado do cargo suspeito de participação na máfia do contrabando

Bardal foi um dos servidores homenageados pelo prêmio Todos Nós Somos Número 1
Data de publicação: 22/02/2018 19h12
Atualizado: 22/02/2018 19h45

Thiago Bardal (ao centro de gravata listrada) recebe prêmio. (Foto: Orcenil Jr.)

O delegado de polícia, Thiago Bardal, que respondia pela Superintendência de Investigações Criminais (Seic) foi exonerado do cargo pelo secretário de segurança, Jeferson Portela.

De acordo com as investigações, Bardal estaria envolvido na máfia do contrabando de mercadorias, desbaratada ontem à noite (21) e que resultou na prisão de três miltares, sendo um major, um sargento e um soldado. Bardal foi exonerado por quebra de confiança, segundo relatou Portela.

Homenagem

O agora ex-titular da Superintendência Especial de Investigações Criminais (SEIC), Thiago Bardal, na Polícia Civil maranhense desde 2008, foi um dos servidores homenageados pelo prêmio Todos Nós Somos Número 1. A premiação foi realizada no dia 22 de janeiro, no Auditório do Palácio Henrique de La Roque. A iniciativa homenageou alguns servidores do Governo do Maranhão envolvidos diretamente em ações e programas que têm ajudado na transformação do Estado.






mais notícias


Copyright © 2019. Todos os direitos reservados.

Desenvolvido por: